Capão Bonito, pela sexta vez, conquistou a certificação no Ranking Ambiental Paulista 2018 do Programa Município Verde Azul (PMVA). O município somou 86,40 pontos e ficou na 28ª posição entre as 645 cidades do Estado, conquistando sua melhor colocação na história do Programa.

Além da certificação, Capão Bonito ainda recebeu pela quarta vez consecutiva, o prêmio Governador André Franco Montoro, como 1º colocado entre 36 municípios que compõem a Bacia do Alto Paranapanema.

O anúncio oficial aconteceu nesta quinta-feira, dia 20, em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, com a presença do governador Márcio França, do secretário estadual de Meio Ambiente Eduardo Trani e do coordenador do Programa, José Walter Figueirado Silva. Representando Capão Bonito, estiveram presentes o prefeito Marco Citadini, a diretora de Meio Ambiente e interlocutora do PMVA, Aline Erika Hori e assistente técnico de Meio Ambiente, Adalberto Mendes.

De acordo com Hori, o PMVA é constituído com 10 diretivas, sendo Município Sustentável, Estrutura e Educação Ambiental, Conselho Ambiental, Biodiversidade, Gestão das Águas, Arborização Urbana, Qualidade do ar, Uso do solo, Esgoto tratado e Resíduos Sólidos. “Para a certificação é preciso comprovar várias ações dentro de cada diretiva. Podemos destacar um avanço significativo na diretiva arborização urbana e estrutura e educação ambiental, que tinham um histórico de baixas pontuações nas edições passadas e que agora contribuíram grandemente para essa conquista”, destacou.

O secretário municipal de Agropecuária, Obras e Meio Ambiente, Reinaldo Daniel Júnior, agradeceu a parceria de todas as secretarias, que juntas realizaram ações para somarem pontos no Programa. “O Município Verde Azul é uma junção de ações de todas as secretarias, entidades, ONG’s e empresas privadas. Graças a esse trabalho em conjunto, quem ganha é o município”, ressaltou.

Já o prefeito Marco Citadini agradeceu e parabenizou toda a equipe da Divisão de Meio Ambiente e falou que Capão Bonito continuará apoiando as causas ambientais. “Parabéns ao secretário Reinaldo Júnior, diretoria Aline Hori, assistente técnico Adalberto Mendes, engenheiro agrônomo Jarde Ramos e técnico em agropecuária Roberto Sonvesso pelo empenho e excelente trabalho realizado em 2018. Realizamos diversos serviços e ações voltadas ao Meio Ambiente e vamos continuar com esse foco, pensando em um mundo melhor e na qualidade de vida da população e das futuras gerações”, afirmou.

Programa Município Verde Azul

Lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, o Programa Município VerdeAzul – PMVA tem o inovador propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios.

Assim, o principal objetivo do PMVA é estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do estado de São Paulo.

Prêmios

O Programa Município VerdeAzul – PMVA publica anualmente o Ranking Ambiental dos municípios paulistas com o Indicador de Avaliação Ambiental – IAA. Tal Indicador, disponível aos agentes públicos e a toda a população, serve como instrumento auxiliar de promulgação e execução de políticas públicas ambientais, de acordo com as características locais específicas de cada município.

Além de nortear a formulação de políticas públicas, o Ranking Ambiental é utilizado pelo PMVA na outorga das seguintes premiações regulares:

– “Certificado Município VerdeAzul”, concedido aos municípios que atingem a nota superior a 80 (oitenta) pontos e preenchem requisitos pré-definidos para cada Ciclo, e ao Interlocutor respectivo. Este Certificado reconhece a boa gestão ambiental municipal e garante à prefeitura premiada preferência na captação de recursos do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (FECOP).

– “Prêmio Governador André Franco Montoro”, concedido aos municípios melhores colocados no Ranking em cada uma das Unidades de Gerenciamento de Recursos Hídricos – UGRHI’S. Trata-se de uma homenagem ao criador do Conselho Estadual do Meio Ambiente – CONSEMA, embrião da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e defensor da descentralização administrativa e fortalecimento dos municípios.