Os municípios de Capão Bonito e Itararé estão entre os três da Região Administrativa de Itapeva considerados efetivos pelo Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), medido pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP).

Entre os 32 municípios que compõem a região, além de Capão Bonito e Itararé, Campina do Monte Alegre também conquistou a classificação considerada efetiva. A média regional ficou com C+, considerada em fase de adequação, com 15 municípios. Já 14 ficaram na classificação C, com baixo nível de adequação.

Outro dado importante levantado pelo IEGM divulgado neste ano é que em 2017 o resultado orçamentário de Capão Bonito obteve um superávit de R$ 1,7 milhão, ou seja, a receita total superou a despesa, ao contrário do levantamento realizado em 2016, quando o município apresentou um déficit de cerca de R$ 4 milhões.

O IEGM é um instrumento criado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, que entre vários outros, busca pela transparência, pela gestão responsável e pela satisfação das necessidades sociais.

De acordo com o TCE, o IEGM tem como principal finalidade o aperfeiçoamento das ações governamentais, mediante a divulgação dos níveis de desempenho de resultado, ou seja, dos indicadores finalísticos de eficiência e eficácia das políticas adotadas para atendimento das necessidades da população.

Os setores avaliados são Educação, Saúde, Planejamento, Gestão Fiscal, Meio Ambiente, Proteção dos Cidadãos e Governança da Tecnologia da Informação.

Os prefeitos Marco Citadini, de Capão Bonito e Heliton do Valle, de Itararé, comentaram a conquista e o trabalho em suas respectivas cidades.

“Encontramos Itararé praticamente arruinada, sem limite prudencial e com dívidas impagáveis, mas em poucos meses realizamos várias mudanças significativas e agora colhemos esses importantes frutos. Com força no trabalho e união da gestão desenvolvemos um trabalho sério e transparente e vamos continuar seguindo nossos pilares sempre ao lado da população para fazermos uma Itararé cada vez melhor”, disse do Valle.

Citadini também avaliou como muito gratificante a conquista e afirmou que pretende trabalhar para melhorar ainda mais os dados no município. “Estar entre os únicos três municípios efetivos da região e superar cidades de maior porte mostra que estamos no rumo certo na administração e fazendo com que Capão Bonito cresça. Mas não podemos nos dar como satisfeitos e, por isso, vamos continuar buscando a melhoria nos serviços públicos para alcançarmos, ainda mais, melhores resultados nos próximos levantamentos”, afirmou.