A Prefeitura Municipal de Capão Bonito, em parceria com a Santa Casa de Misericórdia, iniciou nesta semana o processo de treinamento aos profissionais da Saúde – médicos, enfermeiros e equipes multiprofissionais – que atuarão na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de enfrentamento à Covid-19 no Município.

Na programação de capacitação, comandada pelo médico Douglas Ferrari, que possui 30 anos de experiência em UTI,  as abordagens estão relacionadas aos temas que fazem parte do dia a dia de uma Unidade deste gênero, desde o primeiro atendimento e acolhimento até as atividades mais complexas como utilização de equipamentos e acompanhamento do paciente internado. Auxiliaram também no treinamento a enfermeira Josiane Gonçalves de Pontes e a fisioterapeuta Soraya Shuman, ambas especialistas em UTI.

De acordo com o setor administrativo da Santa Casa, a UTI Covid-19 terá um custo de aproximadamente de R$ 330 mil por mês, que serão bancados até o momento pela Prefeitura Municipal com apoio dos deputados federais Guilherme Mussi e Vitor Lippi.

“É muito importante neste momento a soma de esforços, principalmente, fazendo com que a informação circule de forma correta entre os profissionais e para que o usuário se sinta seguro ao precisar de um atendimento especializado em UTI; como sabemos trata-se de uma doença nova para todos, inclusive para os trabalhadores da área da saúde”, afirmou o prefeito Marco Citadini.

Ao todo, serão 35 profissionais atuando na UTI de Capão Bonito, entre médicos plantonistas especialistas, médico com habilitação em Terapia Intensiva, enfermeiros, fisioterapeutas, assistente social, técnicos e auxiliares de enfermagem, e profissionais para área de limpeza e administrativo.

A Santa Casa, através de sua diretoria, ressaltou a importância da qualificação: “Vamos utilizar a técnica de simulação de casos aproximando os profissionais de situações que possam acometer um paciente internado em estado grave por infecção do coronavírus, utilizando até mesmo um leito de UTI, com respiradores, equipamentos e outros instrumentos de qualificação”.