MINHA CASA MINHA VIDA – Além das 266 moradias do Conjunto Habitacional da Vila Maria, a prefeitura de Capão Bonito segue investindo na construção de mais 42 casas através do Programa Minha Casa Minha Vida.

O programa possibilitará unidades habitacionais a custo zero aos beneficiários, no Jardim Boa Esperança.

O prefeito Marco Citadini esteve no canteiro de obras no último final de semana acompanhando a evolução dos trabalhos de construção civil.

O Programa Minha Casa, Minha Vida Sub-50 (PAC2) foi viabilizado através da parceria do governo federal com a prefeitura que desapropriou área ao lado da nova creche do bairro onde as casas estão sendo construídas.

Conforme cronograma da Secretaria de Planejamento, a construção das casas do Conjunto Habitacional “Boa Esperança II” devem terminar no final deste ano.

Caixa diz que governo estuda ampliar programa – O governo estuda ampliar o programa habitacional Minha Casa Minha Vida (MCMV) para famílias carentes.

O estudo para ampliar o programa habitacional foi confirmado pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Nelson Antônio de Souza. O tema é acompanhado de perto pelo presidente Michel Temer.

A ampliação do programa tende a ocorrer com o remanejamento de recursos e injeção de dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Segundo pessoas que acompanham o debate no governo, a ideia é beneficiar famílias mais carentes, especialmente a faixa 1 – que têm renda familiar de até R$ 1,8 mil e pagam prestações mensais entre R$ 80 e R$ 270 por até 120 meses. Algumas das opções também contemplam a ampliação do número de casas da faixa 1,5 – com renda entre R$ 1,8 mil e R$ 2,6 mil, mas a prioridade são as famílias mais pobres.

Com o reforço do programa habitacional, o governo Temer tenta incentivar a atividade da construção civil, segmento que tem grande capacidade de geração de empregos. Ao mesmo tempo, seria uma maneira de Brasília reagir ao problema da habitação popular urbana que voltou ao centro do debate nacional após a tragédia no centro da capital paulista.