Capão Bonito recebeu do Instituto Adolfo Lutz os resultados de dois casos positivos de Covid-19, nesta quarta-feira (15). De acordo com a Santa Casa de Misericórdia e Vigilância Epidemiológica, os casos são de um paciente que já foi curado e de um que foi a óbito.

O capão-bonitense que já se recuperou é um homem de 42 anos, que havia apresentado sintomas e realizado o exame no último dia 17 de março. Ele esteve em São Paulo dias antes de apresentar os sintomas.

Como o resultado chegou quase um mês depois da realização do exame, o homem já cumpriu o isolamento domiciliar (ficou na residência isolado do restante da família) e todas as recomendações da Vigilância Epidemiológica, e agora está fora do período em que poderia transmitir a doença.

Já em relação ao óbito, trata-se de um homem, de 87 anos, que foi internado na Santa Casa no último dia 27 de março e foi a óbito no dia 06 de abril. O paciente apresentava doenças pré-existentes.

De acordo com o setor da Saúde, a Vigilância Epidemiológica monitora e acompanha os familiares e pessoas que tiveram contato com o idoso, que até o momento, não apresentaram qualquer sintoma referente ao coronavírus.

Com a confirmação dos casos, o prefeito Marco Citadini afirmou que a Prefeitura continuará e intensificará os trabalhos de prevenção e enfrentamento ao coronavírus, com as recomendações e determinações da Secretaria de Estado de Saúde e Ministério de Saúde.

“Vamos continuar os serviços de desinfecção, recomendar para que as pessoas fiquem nas casas e saiam somente para o essencial, investir em UTI e hospital de campanha, entre outras ações. Temos que nos prevenir para que não cheguemos às situações de países que estão em situação terrível nessa pandemia”, declarou o prefeito.

O diretor clínico e médico da Santa Casa, Dr. Alex do Fundo também ressaltou a importância de agir com prevenção, como ficar nas casas, manter a higienização, lavando sempre as mãos, evitar contato com outras pessoas e cuidado com o próximo.

“O distanciamento continua sendo comprovadamente o modo mais efetivo de combater a doença, por isso precisamos seguir o isolamento para evitar que a doença avance ainda mais. Além disso, pedimos novamente para que a população evite as fake news, embasando apenas em notícias de órgãos oficiais, para evitar a proliferação de informações falsas, que sempre causam problemas”, acrescentou o médico.

Casos suspeitos

Além dos casos que foram confirmados nesta quarta-feira, Capão Bonito segue ainda com mais cinco casos suspeitos (aguardando os resultados do Instituto Adolfo Lutz).

Atualização: 15/04/2020, às 19h30.