PREVENÇÃO – De acordo com dados do Ministério da Saúde, mais de 110 mil crianças e adolescentes de até 14 anos são hospitalizados no Brasil.

E a principal razão desses números são os acidentes domésticos ou escolares. Por conta desse cenário, a Rede Municipal de Capão Bonito vem intensificando ações voltadas aos primeiros socorros e prevenção de acidentes nas escolas.

Nesta semana houve treinamento de primeiros socorros com o dr. Sérgio Kono no Centro Educacional “Paulo Freire” com servidores da educação que trabalham nas escolas Jornalista José Carlos Tallarico, Sumie Tereza Matsuura Baldissera e Isolina Leonel Ferreira.

“O tema vem ganhando relevância desde a implantação da Lei Lucas, em 2018. As técnicas de salvamento são de fato importantes em situações cotidianas. Queremos ampliar cada vez mais estes treinamentos e investir em prevenção dos servidores”, destacou o diretor da Divisão de Ensino Fundamental – prof. Varani Balthazar Jr.

A importância dos primeiros socorros na escola – Situações simples, como brincar com os colegas no pátio da escola ou comer um lanche na cantina, podem resultar em acidentes envolvendo crianças e adolescentes.

Por essas e outras razões, profissionais que trabalham em escolas precisam conhecer técnicas de primeiros socorros.

Afinal de contas, elas são indispensáveis em momentos de emergência, quando você precisa agir de forma rápida enquanto espera o atendimento médico especializado.

Contudo, apesar de parecer algo óbvio, grande parte da população não conhece procedimentos básicos de salvamento.

E isso no ambiente escolar é bastante perigoso, pois esse é um espaço onde o risco de acidentes é extremamente alto.

Um estudo feito no estado do Paraná, identificou como as maiores causas de acidentes dentro do espaço escolar:

  • quedas;
  • fraturas;
  • escoriações;
  • cortes com vidros.

Para o médico Sérgio Kono que vem conduzindo os treinamentos, a ação é muito importante para garantir a segurança no ambiente escolar e também fora dele.

Por Wagner D´Antonio