A Indústria MC de Aço, Peças e Manutenção apresentou oficialmente nesta última quarta-feira, dia 10, as obras de construção de sua nova unidade no Distrito Industrial II de Capão Bonito. A cerimônia realizada de forma virtual no canteiro de obras do empreendimento contou com a presença do prefeito Marco Citadini (PTB), do secretário de Governo, Indústria e Comércio, Marcelo Varela (PP), e do empresário Marcos Paulino de Lara.

Em sua fala, o secretário Marcelo Varela (PP)explicou que um dos equipamentos que está sendo fabricado no novo empreendimento não há no mercado regional, somente em centros maiores como Sorocaba. “Além dos empregos, Capão Bonito será protagonista em alguns setores econômicos, graças a visão do prefeito Marco Citadini e de empresários que acreditam em Capão Bonito”, falou.

O empresário Marcos de Lara destacou a importância do incentivo da Prefeitura através da doação da área aos novos empreendimentos. Lara teve oportunidade de instalar essa nova unidade em outras cidades como Itapetininga e Sorocaba, mas com o apoio do prefeito Marco Citadini, decidiu investir em Capão Bonito. “Muitos me incentivaram a investir em cidades maiores, devido a estrutura que estamos montando. Mas, é aqui que eu moro e quero ver a cidade crescer, assim como o prefeito. O distrito ficou muito tempo parado e agora estamos juntos acreditando em Capão Bonito”, disse.

O prefeito Marco Citadini falou sobre a doação de áreas para empresários de outros cidades e também de Capão Bonito. “Sempre me questionam sobre o fato de ter cedido área para empresários de Capão Bonito. Ressalto que não tem problema algum, se fosse possível, nosso desejo era que os 16 empresários do Novo Distrito fossem de Capão Bonito, porque eles moram aqui, investem o rendimento aqui, consomem aqui e fortalecem a economia daqui. Além disso, não importa a origem do empresário, o importante é gerar novos empregos”, explicou.

A Indústria MC já atua em Capão Bonito na avenida João Antunes Rodrigues e vai construir uma nova unidade sem parar a atual. No Novo Distrito Industrial, a empresa vai produzir peças para caminhões, máquinas agrícolas e de terraplanagem.

De acordo com o decreto municipal de doação de área, a MC vai gerar num primeiro momento 20 novos empregos, com potencial para 40 na totalidade de sua operacionalização.