BOLSA DO POVO – Maior programa de assistência social da história do Estado, o Bolsa do Povo passou a enviar aos beneficiários cartões que podem ser usados para compras em estabelecimentos, na função débito, ou para realizar saques em dinheiro, em terminais de autoatendimento do Banco do Brasil. Dos mais de 216 mil cartões enviados pela Prodesp – empresa de Tecnologia do Governo de São Paulo –, responsável pela operacionalização do programa, 54 mil, cerca de 25%, não chegaram aos destinatários por problemas no endereço cadastrado.

Por isso, é importante que todo cidadão que tenha direito aos benefícios mantenha seu endereço completo atualizado, acessando o portal do Bolsa do Povo (www.bolsadopovo.sp.gov.br). Quem não tiver acesso à internet, pode procurar um Centro de Referência da Assistência Social (Cras) para atualização cadastral. Para os endereços em áreas restritas de entrega, o cartão fica disponível na agência dos Correios mais próxima por 7 dias. Outra alternativa é indicar no cadastro outro endereço, que seja atendido pelos Correios.

“A Prodesp tem trabalhado no aprimoramento do atendimento às pessoas que utilizam o programa Bolsa do Povo para agilizar ainda mais o repasse dos benefícios. Para facilitar o acesso e orientar como realizar os procedimentos necessários, passamos a disponibilizar vídeos tutoriais, explicando o passo a passo para a utilização dos serviços oferecidos de forma online”, explica Murilo Macedo, diretor da Prodesp.

Os beneficiários do Bolsa do Povo que receberam os cartões podem contar com a praticidade do desbloqueio no site oficial do programa, sem precisar entrar em contato com a central de atendimento, pelo telefone. Até o fim deste ano, cerca de 370 mil cartões serão destinados aos cidadãos atendidos.

Quem ainda não tem o cartão do Bolsa do Povo, recebe o benefício por meio de voucher e precisa sacar o valor integral. Para isso, o usuário deve acessar a área restrita do portal, a mesma em que agora é possível desbloquear os novos cartões.

Os vídeos tutoriais sobre funcionalidades do Bolsa do Povo e principais dúvidas estão disponíveis em https://bit.ly/3vSLOh0.

Bolsa do Povo – O Bolsa do Povo unifica ações estaduais de transferência de renda, simplificando o compartilhamento de informações e o repasse dos valores correspondentes a cada beneficiário. Os programas Vale Gás, SP Acolhe, Ação Jovem, Renda Cidadã e Prospera Família são da Secretaria de Desenvolvimento Social, que é responsável por selecionar os beneficiários e cadastrá-los automaticamente no Bolsa do Povo. Para o Auxílio Moradia, da Secretaria de Habitação, a família precisa se enquadrar nos critérios de elegibilidade. Já para iniciativas de outras secretarias, como Bolsa Talento Esportivo, Via Rápida, Bolsa Trabalho, Novotec Expresso, Bolsa do Povo Educação e Estudantes, Centro Paula Souza, Bolsa Empreendedor e Acolhe Saúde, o cadastro deve ser feito diretamente pelo interessado no portal do Bolsa do Povo.