FISCALIZAÇÃO – A prefeitura de Capão Bonito, através da Secretaria Municipal de Agropecuária, Obras e Meio Ambiente aumentou a fiscalização dos produtos que são entregues pelo Programa Aquisição de Alimentos (PAA).

O reflexo direto foi uma maior qualidade nos alimentos que são distribuídos as entidades do município.

Em janeiro, a Secretaria de Agropecuária, Obras e Meio Ambiente, Secretaria de Assistência Social, Cooperativa Mista de Capão Bonito (COMCAB) e a Associação de Produtores para o Desenvolvimento Sustentável (APDS), se reuniram para discutir novas ações no Programa de Aquisição de Alimentos – PAA/2017, inclusive para melhorar a logística de distribuição.

Em Capão Bonito, além de garantir alimentos às famílias de baixa renda e entidades, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) compra de muitos pequenos produtores rurais.

Estimativa da Secretaria de Agropecuária, Obras e Meio Ambiente estima que o programa gere mais de 1.000 empregos no campo no município.

Nos últimos anos, o programa que recebe recursos federais se transformou na principal política agrícola do município e para ampliar os resultados é também importante garantir a logística de transporte dos produtos.

Para isso, a Prefeitura Municipal através da Secretaria de Agropecuária e Abastecimento, Obras e Meio Ambiente investiu na compra de dois caminhões 0 KM e vem apoiando as cooperativas locais.

Segundo a secretaria, o PAA já beneficia em Capão Bonito mais de 400 produtores rurais além de levar “cesta verde” a um grande número de famílias.

“Os investimentos na logística de transporte e distribuição são fundamentais para ampliar os resultados do programa”, destacou o prefeito Marco Citadini.

“Ao fomentar a produção de alimentos da agricultura familiar, o PAA combina o desenvolvimento do setor com a promoção da segurança alimentar. O PAA é, de fato, um programa que tem essa dupla estratégia. A agricultura familiar é considerada eixo prioritário para o desenvolvimento da nossa cidade”, ressaltou Citadini.