As obras de reconstrução do terminal rodoviário “Antonio Enei Neto” de Capão Bonito serão entregues à população no próximo dia 07 de março, com cerimônia marcada para as 9h, quando a Prefeitura fará a reinauguração do local que está sendo reformado há mais de um ano.

Inicialmente a reforma começou de forma parcial sendo derrubadas algumas paredes para aumentar os boxes do terminal, mas o prefeito Marco Citadini não gostou da proposta inicial de uma reforma paliativa e determinou a realização de um projeto amplo para adequar o local mesmo que isso demandasse mais tempo e recursos.

A rodoviária de Capão Bonito foi construída em 1988, com recursos destinados pelo então governador Orestes Quércia e, desde a sua construção passou por pequenas reformas que inseriram banheiros e faziam somente pinturas. Há anos a população reclama do estado do equipamento, pois era muito criticado pelos usuários por sua precariedade.

Em dezembro de 2015, o então presidente da Câmara, Matheus Francatto, chegou a devolver recursos para a Prefeitura para que fosse feita a reforma do local, mas os recursos foram usados para indenizações de profissionais da área de saúde e a reforma ficou engavetada.

Ao assumir o mandato em 2017, o prefeito Marco Citadini disse que a reforma do terminal era uma questão fundamental, pois contribuía para o projeto de melhoria visual da cidade iniciada com a duplicação da entrada e elevaria também a autoestima do cidadão que estava cansado de ver visitantes tratar a rodoviária de forma depreciativa.

“Com a reforma completa ninguém mais vai falar que a rodoviária de Capão Bonito é a mais feia da região. A partir de agora é a mais bonita. Além disso, a região do terminal rodoviário está ganhando um novo empreendimento com 102 apartamentos, pontos comerciais e vai ganhar um hipermercado. Vai ser uma região das mais valorizadas da cidade”, disse o prefeito.

No total a Prefeitura investiu mais de 750 mil reais de recursos próprios na reconstrução do terminal. Foram refeitos banheiros, boxes, pavimentação asfáltica e a implantação de um novo projeto visual destacando as potencialidades turísticas do município. A obra foi dividida em duas etapas, parte civil e pavimentação do pátio e entrada.

Segundo técnicos da Prefeitura, o próximo passo será um processo licitatório para a concessão da administração de todo o terminal. A intenção da atual administração é transferir a gestão da rodoviária para a iniciativa privada como ocorre em praticamente todas as cidades da região.

O processo de concessão já está em andamento e deverá ser efetivado ainda no primeiro semestre.

“Todas as rodoviárias de cidades da região são administradas pela iniciativa privada há décadas, só a de Capão Bonito que fica a cargo da Prefeitura. Até em Apiaí que é bem menor que nossa cidade isto ocorre desde 1988. A concessão será benéfica também para a prefeitura”, disse o secretário de Planejamento Eder Danilo de Queiroz.

O projeto de reforma da rodoviária foi todo elaborado pela equipe de engenheiros e arquitetos da Secretaria de Planejamento da prefeitura e o novo visual tem sido muito elogiado pelos usuários mesmo ela não estando ainda com sua reforma concluída na sua totalidade. “Melhorou muito, da água para o vinho. Antes tínhamos vergonha de nossa rodoviária, mas agora ela é motivo de elogios daqueles que nos visitam”, disse um usuário.