As primeiras obras de infraestrutura no Parque Estadual Nascentes do Paranapanema (PENAP) estão em fase de finalização e nos próximos meses o local poderá receber os turistas de forma adequada.

De acordo com o gestor do Parque, Thiago Conforti, estão sendo finalizados os últimos detalhes das construções. “As obras estão prestes a serem entregues. Foi construída a portaria no local, instaladas placas de sinalização, além de implantação da Vigilância, que já está ocorrendo há algum tempo”, explicou.

Ainda segundo Conforti, nos próximos dias acontecerá uma reunião para trabalhar a questão da visitação, e assim, definir a data de inauguração oficial do Parque.

Essa é a primeira fase das obras no PENAP desde a sua fundação, em 2012, e os investimentos aconteceram por meio de verba de R$ 1,6 milhão conquistada pela Prefeitura de Capão Bonito junto à Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, em 2018.

“Desde que foi criado, o Parque não havia recebido nenhum tipo de verba para investimentos em infraestrutura, mas com a gestão do prefeito Marco Citadini, a Prefeitura vem atuando na reivindicação constante de recursos para fomentar o turismo local e regional, considerando que é um dos setores que fortalecerão o desenvolvimento da cidade e da região nos próximos anos”, explicou o secretário de relações institucionais e presidente do Conselho Municipal de Turismo, Francisco Lino.

PENAP

O Parque Estadual Nascentes do Paranapanema, situado em Capão Bonito, conta com uma área de 22,5 mil hectares de Mata Atlântica preservada, com água cristalina brotando de 1.002 nascentes que dão origem ao Rio Paranapanema, um dos mais importantes rios paulistas, em termos de geração de energia e abastecimento de água, sendo considerado um dos rios mais limpos do Estado de São Paulo.

O parque protege uma área singular, com alto grau de conservação e elevados níveis de riqueza biológica, sendo formada por uma importante transição entre Floresta Ombrófila Densa e Floresta Estacional Semidecidual.

Entre seus objetivos estão a proteção da biodiversidade, dos recursos hídricos e do corredor biológico de Paranapiacaba, formando um contínuo biológico que busca garantir a perpetuidade dos seus processos ecológicos e fluxos gênicos, bem como a realização do ecoturismo, lazer e educação ambiental para a sociedade.

Uma das principais atrações do PENAP é a “Trilha do Amendoim”, uma trilha que conta com pontos para observação da mata, um pequeno mirante formado por um deslizamento de terra e segue pela margem do Rio Paranapanema em trecho de declive percorrendo áreas com Mata Atlântica em estado avançado de conservação, com a possibilidade de observação da flora e fauna e alguns pontos para banho.

Outra importante atração é a “Cachoeira da Casa de Alvenaria”, que possui uma queda d’água com cerca de sete metros de altura, com poço, dentro da mata preservada.

O PENAP foi criado pelo Decreto Estadual nº 58.148, de 21 de junho de 2012, assinado pelo governador Geraldo Alckmin, durante a Rio+20 – a conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável.