ARTE, CULTURA E MUITA POESIA – Criado com o objetivo de reunir poetas de Capão Bonito para utilizar a poesia como instrumento para quem sabe mudar um pouco o mundo, o Projeto Essência se transformou numa grande ação de democratização da arte e da cultura no município.

Com polo no Centro Municipal de Convenções “Joel Humberto Stori”, o projeto surgiu através da mobilização cultural intitulada “Quem sou Eu”, que no ano passado viabilizou a 1ª Semana da Poesia no Centro Educacional “Paulo Freire”.

Participam do projeto homens e mulheres de diversas faixas etárias.

“O diferencial do projeto é que ele não trabalha eventos e sim estimula diferentes oficinas de arte, dança, teatro, poesias, sarais, em grupo ou de forma individual. Tem espaço para todo mundo. O Essência vem crescendo ano a ano e já estamos preparando o lançamento de um livro em breve”, afirma Paulo César da Silva (Ratinho), poeta, membro do Conselho Municipal de Cultura e um dos fundadores do Projeto Essência.

Segundo Paulo César, mais de 100 pessoas interessados em expandir a arte e a cultura estão frequentando o Centro de Convenções e isso gerou a necessidade de ampliar a logística de horários.

“Temos cursos de violão, cordas e dança com pessoas voluntárias que vêm até de outra cidade. Tudo totalmente de graça. Capão Bonito e região têm muitas pessoas com talento e o Projeto Essência quer justamente potencializar esses talentos”, afirmou Paulo César.

Respeitando a identidade cultural – Uma das propostas também do projeto Essência é não alterar o estilo ou a identidade cultural dos envolvidos e interessados.

“O que importa é o ser humano como ele é. Respeitamos a diversidade e tudo de forma integral. Cada pessoa pode contribuir com seu estilo”, destacou Paulo César.

O Projeto Essência tem apoio do Conselho Municipal de Cultura e também da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Turismo.

Para os responsáveis pelo Departamento de Cultura – Renato Heber e Paulo Honorato, o Projeto Essência foi uma as ações espontâneas mais positivas surgidas no município.

“O projeto traz experiências inovadoras. É extremamente democrático e realmente vem impulsionando a cultura gameleira” destacaram Renato Heber e Paulo Honorato.

Equipe voluntária do Projeto Essência:

Prof. Gabriel Alcides (poeta e fotógrafo) – 22 anos

Edson Tadeu Marinho (formando em marketing – ator, coreógrafo e poeta) – 50 anos

Alan W. Campos da Silva (poeta, ator e estudante) – 17 anos

Raquel Domingues (poetisa, membro do COMCULT) – 45 anos