O Roteiro do Milho fará o lançamento oficial do e-book do projeto, no próximo dia 13, a partir das 13h30, no Centro de Convenções “Joel Humberto Landim Stori”, localizado na Praça Cunha Bueno, em Capão Bonito.

De acordo com a coordenadora do roteiro, a pesquisadora da unidade do IAC/APTA, em Capão Bonito, Cristina Fachini, o e-book conta a história do milho na região e com receitas da culinária das oito cidades que compõe o projeto.

“O e-book é ricamente ilustrado, com linguagem simples e acesso livre. A expectativa é que ele possa contribuir para registrar a memória da região e sua cozinha caipira, com mapeamento das receitas tradicionais à base de milho verde e farinha de milho, um marco da região”, explicou Fachini.

Além do e-book, o Roteiro do Milho disponibiliza uma plataforma digital com guia de pontos de venda que produzem e comercializam produtos feitos com milhos, nos municípios.

O evento, que será gratuito e aberto ao público, contará também com palestras, depoimentos de participantes do projeto, exposição de fotos e degustação de pratos típicos da culinária do Sudoeste Paulista sobre o roteiro para Prefeituras e agências de turismo receptivo.

Programação

13h30 – Abertura e apresentação do evento

14h00 – Cultura Alimentar e Patrimônio Imaterial: Como estes saberes podem fortalecer o turismo e as identidades e locais?

14h30 – Gastronomia: Da afetividade ao Desenvolvimento

15h00 – História do Milho no Território Sudoeste Paulista

15h30 – História e depoimentos das cozinheiras participantes do Projeto Roteiro do Milho

16h00 – Apresentação das releituras do prato típico local

16h15 – Exposição de fotos e Degustação de Pratos Típicos dos Municípios Participantes do Projeto Roteiro do Milho

17h00 – Encerramento                       

Roteiro do Milho

O objetivo do Roteiro do Milho, que é um projeto financiado pelo Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo (Proac), é de ampliar o conhecimento sobre a região a partir de um projeto que vem estabelecendo parcerias com instituições de pesquisa, empreendimentos locais, Prefeituras e com a colaboração da comunidade.

As cidades que compõe o roteiro são Itapetininga, São Miguel Arcanjo, Capão Bonito, Ribeirão Grande, Ribeirão Branco, Itapeva, Guapiara e Apiaí.

O milho foi escolhido como ícone do novo roteiro, por ser um ingrediente com forte presença na culinária da região. Além de ser utilizado no dia a dia, diversas cidades organizam festas do milho ao longo do ano, que chegam a receber cinco mil pessoas em um só dia e que consomem cerca de 15 toneladas de milho produzido na região.

O roteiro também é uma oportunidade para conhecer a cultura em torno da tradição do milho, que inclui a confecção de cestarias e peneiras para a produção artesanal de farinha de milho, a fabricação do pilão e de artesanato de palha do milho.