Projeto quer fortalecer as instituições socioambientais do município

Guri_salao-23-12-2011AÇÃO SOCIOAMBIENTAL – Aconteceu no começo deste mês, no Salão de Eventos do Parque Recanto das Águas, a apresentação oficial do Programa Rede de Cidadania.

Trata-se de uma importante ‘Rede Socioambiental e sustentável’, integrando, divulgando, acompanhando, apoiando, mobilizando, capacitando e fortalecendo as instituições sociais que atendem à comunidade de Capão Bonito.

A rede envolve parcerias com poder público, iniciativa privada, setor acadêmico, instituições ambientalistas e outros.

Lideranças locais e gestores das entidades serão capacitados para o exercício de uma gestão institucional pautada em ações planejadas e sustentáveis, de maneira que as instituições participantes continuem com autonomia de gestão, mas aprendam a trabalhar e atuar em conjunto com as demais, em busca de objetivos comuns.

A partir de mecanismos de discussão, as comunidades serão estimuladas a refletir sobre os problemas que as afligem, a sonhar coletivamente as melhorias necessárias, a definir quais as ações prioritárias, qual a necessidade de intervenção junto aos órgãos públicos e privados e qual a responsabilidade da comunidade na construção do caminho almejado.

A Rede Socioambiental de Cidadania Ativa terá gestão compartilhada entre as entidades associadas, devendo haver sistema de rodízio na gerencia administrativa.

A rede funcionará como observatório social, com a realização de encontros periódicos e reuniões temáticas realizadas em espaço próprio criado para o seu funcionamento com infraestrutura que permita e facilite sua existência.

“Serão princípios fundamentais deste trabalho a transparência, a equidade de horizontalidade. E assim, devemos seguir estabelecendo nossas conexões, valorizando a democracia, a cooperação, influenciando em políticas públicas e a construção coletiva”, destacaram representantes de entidades envolvidas na rede que estiveram presentes no evento.

A rede também pretende desenvolver ações voltadas ao desenvolvimento institucional, Programa de Desenvolvimento Econômico, Programa de Desenvolvimento Socioambiental, Programa de Desenvolvimento Cultural e Programa de Desenvolvimento Espacial.

As instituições que compõem a rede estão classificadas e organizadas em elos temáticos e se apresentam com a seguinte composição:
Classificação/composição

Socioambiental

ACAMAR (Cooperativa de Catadores de MateriaisRecicláveis), IDEAS (Instituto de Desenvolvimento Ambiental Sustentável), NEA (Núcleo de Educação Ambiental, ONG Olho D´Água do Panema e ONG Inter Rios.

Assistencial

AAPICAB (Associação dos Apicultores de Capão Bonito), ABDC Brasil (Associação Buriense para Defesa da Cidadania), Adocão (Defesa Animais), APAE (Associação de Pais e Amigos do Excepcionais), Asilo São Vicente de Paula, Centro de Assistência Social de Capão Bonito “Pe. Henrique”, CREAR, ECDA (Educação Cultural de Deficientes Auditivos), Fundação de Assistência Paz e Amor, GVCC (Grupo Voluntário de Combate ao Câncer) Legionários da Defesa do Menor.

Representantes

AMABE – Associação dos Moradores do Bairro Boa Esperança, Associação dos Moradores do Bairro Bela Vista e Vila São Paulo, Associação dos Moradores do Bairro Baguaçu, Associação dos Moradores do Bairro Nova Capão Bonito, Associação dos Moradores do Jardim Europa, Associação de Moradores do Bairro Vila Maria, Associação dos Moradores do Jardim Vale Verde, Associação dos Moradores do Jardim Alvorada, Associação dos Moradores do Bairro São Judas, Associação dos Moradores da Vila Aparecida, Conselho Municipal de Produtores Rurais de Capão Bonito.

Cultural

ABADA Capoeira, Associação Cultural Caipira Cuitelo, Associação da Consciência Negra Erê de Capão Bonito, Associação Social Educacional Cultural H2, Flor do Panema, Grupo Dança de Rua Impactus e Grupo de Teatro Êta Nóis.

Rural

Conselho Municipal de Produtos Rurais – 22 associações.