A empresa Plataforma 15, com sede na cidade de Tatuí, que administra o Terminal Rodoviário “Antônio Enei Neto”, localizado em nosso município, solicitou a rescisão contratual, alegando que a reforma executada no prédio da rodoviária pela administração passada, não obedece às normas exigidas da construção civil, apresentando diversas falhas e anomalias, não permitindo a boa execução do contrato, bem como, não garante a segurança dos usuários do terminal.

A empresa anexou ao pedido, um laudo técnico de vistoria predial, identificando as avarias  estruturais, elaborada por um engenheiro civil.

A reforma foi realizada pela antiga administração, durando aproximadamente três anos, e foi inaugurada no dia 07 de março de 2020, custando aos cofres públicos o valor de R$ 725 mil reais.
Assim, no prazo de aproximadamente um ano, a obra já apresentou diversas falhas e defeitos na estrutura do prédio, comprometendo a segurança dos usuários e trabalhadores do local.

A atual administração, por sua vez, atendendo a solicitação da Defesa Civil Municipal,  interditou parte do terminal para garantir a segurança dos usuários, e contratou um profissional de engenharia para avaliar a obra realizada.